Mitos e Verdades Sobre o Uso de Purificadores de Água

Mitos e Verdades sobre o uso de purificadores de água

Tratar a água antes de consumi-la é essencial para a sua saúde e a da sua família. Beber água contaminada pode causar doenças como giardíase, febre tifóide, salmonella e até Hepatite A.

Muitas pessoas não conhecem os benefícios de um purificador de água, e acabam optando por filtros comuns, filtros de barro ou água de galão. Pensando nisso, desenvolvemos uma lista que desvenda os mitos e verdades sobre esse aparelho.

Purificadores e filtros de água são a mesma coisa [Mito]

Os purificadores funcionam em três etapas:

  • filtração, que retém as maiores impurezas;
  • esterilização, que impossibilita que microorganismos se proliferem na água;
  • adsorção, que elimina cloro e metais.

O filtro de água contém apenas a primeira fase de um purificador.

Purificadores de água eliminam bactérias [Verdade]

Ao passar pelo processo de de esterilização, o purificador elimina sim até as menores bactérias da água. É preciso apenas prestar atenção ao selo do INMETRO, que avalia se o produto realmente faz o que a embalagem promete.

Purificadores de água eliminam odores [Verdade]

Na fase da adsorção, quando são eliminados todos os metais da água, os odores são eliminados junto. Isso acontece porque são esses metais que causam os cheiros desagradáveis na nossa água, e eles podem vir tanto do sistema da sua cidade, quanto do próprio encanamento.

Purificadores de água eliminam gosto [Verdade]

Assim como no processo para eliminação de odores, é a adsorção que vai fazer com que sua água saia do purificador como ela deveria ser: sem gosto de nada. Os mesmos metais que causam o mau cheiro são aqueles que causam o gosto desagradável.

Purificadores de água não têm um bom custo-benefício [Mito]

Apesar de seu valor de compra ser maior do que o de um filtro comum ou de barro, a compra é vantajosa quando olhamos em longo prazo. O que acontece é que quando pensamos em questões de manutenção e limpeza, o purificador se paga muito mais rápido.

Filtros comuns precisam ser trocados com bastante frequência, e o filtro de barro perde sua eficiência com o tempo. A maioria dos purificadores tem uma função que faz a própria limpeza interna da máquina, permitindo aos donos se preocuparem mais com a higienização externa do aparelho, que também é essencial. A troca de filtro deve ser realizada a cada seis meses.

Se interessou pelos benefícios que um desses aparelhos pode fazer por você e sua família? A Eletrum conta com uma variedade de produtos para melhorar a qualidade da água dos mais diversos preços!

2 comentários em “Mitos e Verdades Sobre o Uso de Purificadores de Água

  1. João Magalhães do Car,p Responder

    Qual dos purificadores é o melhor, e que de menos problemas durante o uso? Quanto tempo ele dura sem necessidade de substituição??

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.